COPIPE

Comissão de professoras/es indígenas em Pernambuco - COPIPE

Em um auditório, oito pessoas estão sentadas de frente para nós.  Dois homens e quatro mulheres de pele clara e um casal de indígenas.  O homem usa cocar e a mulher um pujá de fibra de caroá. Na plateia, sentados em poltronas pretas, de costas para nós, um grupo de indígena. Uns usam cocar; outros, pujá. Um deles, sem camisa, tem o corpo pintado. Ao fundo, à direita, duas pessoas de pé conversam e, atrás delas, na parede, uma projeção da tela de um computador.

QUEM SOMOS

Somos um grupo que reúne representantes de todos os povos indígenas de Pernambuco e tem como objetivo desenvolver ações coordenadas em prol da garantia do direito à educação escolar específica, diferenciada e intercultural no estado. Nós da Copipe, nos organizamos de forma autônoma, do ponto de vista financeiro e político e temos uma aliança privilegiada com a Articulação de Povos Indígenas do Nordeste Minas Gerais e Espírito Santo (APOINME). Além disso, estabelecemos parcerias com entidades governamentais e não-governamentais buscando a garantia do direito à educação de qualidade para nossas comunidades.

ATIVIDADES

  • Encontrões - Encontros anuais que reúnem todos/as professores/as indígenas de Pernambuco e algumas lideranças com o objetivo de avaliar e planejar nossas ações;

  • Representamos as escolas indígenas junto à Secretaria Estadual de Educação;

  • Apoiamos política e pedagogicamente aos/as professores/as indígenas nas escolas;

  • Articulamos e mobilizamos o movimento pela educação escolar indígena em busca da garantia do direito à educação;

  • Participamos doConselho Estadual de Educação Escolar Indígena.

Em um galpão coberto por toldos, centenas de pessoas estão sentadas em cadeiras plásticas brancas. As cadeiras estão organizadas em dois blocos, separadas por um corredor central de onde vê-se, ao longe, uma mesa com palestrantes.